Reverse Vesper Martini

Versão do clássico drink de James Bond onde as proporções dos ingredientes são invertidas.

Gin Japonês Premium Roku, Vodka Japonesa Premium Haku e Lillet Blanc

Por: SIP LOVERS

Reza a lenda que para criar o mais icônico de todos os agentes secretos – James Bond – Ian Fleming fez uma vasta pesquisa até lançar seu primeiro livro, Casino Royale, em 1953, que incluía visitar alguns bares para ajudar a moldar as características do personagem. O bar escolhido foi o Duke’s, em Londres, comandado pelo bartender Gilberto Preti. Perguntou então qual seria o coquetel com mais classe e sofisticação, prontamente respondido com… Martini!

Existem muitas variações de Martinis, mas o mais conhecido entre nós é o Dry Martini, que leva Gin e Vermute Seco. Fleming teria sugerido a adição da vodka para dar mais força ao coquetel e o vermute foi substituído por Kina Lillet, hoje rebatizado de Lillet Blanc, um aperitivo de vinho branco com especiarias (entre elas a quina, daí o nome). Não bastasse essas alterações ele teria questionado o motivo do coquetel ser preparado mexido (no mixing glass) e não batido na coqueteleira, como outros. Preti explicou que a diluição é bem mais controlada e lenta, técnica importante em um Martini. Fleming novamente quis dar seu toque pessoal ao personagem e instituiu que o drink seria… “Mexido, não batido”.

Em nessa versão “Reverse” utilizamos gin e vodka japoneses e as quantidades dos ingredientes são invertidas, se tornando um coquetel com menor teor alcoólico, mais leve e frutado.

* o nome “Vesper” vem da agente dupla Vesper Lynd, por quem James Bond se apaixona e é traído. Ela acaba morta em Casino Royale.

R$ 38,00